O presidente da FPF, Gilberto Madaíl, colocou definitivamente um ponto final na hipótese de recandidatar-se à presidência do organismo.

«Na vida há ciclos para tudo e temos de ver isso de forma positiva. Basicamente são motivos de saúde que estiveram na base da minha decisão, mas agora já estou praticamente recuperado», disse Madaíl à Rádio Renascença.

O líder federativo vincou que deixa a liderança da FPF sem dramas e que sai de consciência tranquila. «O que tenho consciência é que eu e toda a direção demos sempre o nosso melhor, mesmo que para outras pessoas não tenha sido ótimo.»

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.