A seleção nacional vai defrontar a Bósnia no playoff de apuramento para o Euro 2012 no mesmo estádio onde, há dois anos, se qualificou para o Mundial 2010.

O jogo da primeira mão do playoff está agendado para 11 de novembro em Zenica, mas a condição do relvado do Estádio Bilino Polje deixou os responsáveis portugueses apreensivos quanto à possibilidade de se praticar futebol naquele terreno.

O diretor desportivo da FPF, Carlos Godinho, visitou o Estádio Bilino Polje para fazer um relatório sobre as condições que Portugal vai encontrar e constatou o péssimo estado em que o relvado se encontra. De acordo com o relatório, o relvado está muito pior do que há dois anos, quando Portugal decidiu o apuramento para o Mundial 2010.

Com um relvado praticamente inexistente, sendo que dois terços do terreno não têm relva, a seleção portuguesa vai jogar praticamente numa camada de barro lamacento que irá prejudicar a circulação da bola e a corrida dos jogadores.

A FPF já enviou uma exposição à UEFA sobre a falta de condições do relvado do Estádio Bilino Polje, sendo que a alternativa desejada por Portugal é o Estádio Assim Ferhatovic-Hase, em Sarajevo. A UEFA só deverá pronunciar-se sobre o pedido antes do final do mês.

Os responsáveis federativos bósnios vão tentar manter a opção de Zenica, uma vez que a Bósnia apenas perdeu dois jogos no Estádio Bilino Polje (um deles com Portugal) e o ambiente criado pelos adeptos é verdadeiramente intimidatório.

A delegação portuguesa que o diga quando no jogo decisivo do apuramento para o Mundial 2010 teve de assistir ao jogo no meio de um público "entusiasta" que recebeu Portugal debaixo de uma chuva de cuspidelas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.