A Ucrânia, coorganizadora do Europeu de futebol de 2012 e onde Portugal irá disputar os jogos do grupo B, anunciou que irá baixar os preços dos hotéis, dado que estão a ser inflacionados.

«O governo ucraniano vai encontrar maneira dos custos de permanência no país durante o Euro2012 serem mais aceitáveis para os nossos convidados», afirmou, em conferência de imprensa, o vice-Primeiro-ministro Borys Kolesnikov.

O responsável acrescentou que a «pobreza gerou ganância», lembrando também que «o governo, há dez anos, perdoou as dívidas dos hotéis para estimular o seu desenvolvimento».

«Contámos com a sua lealdade, mas eles aumentaram os preços», lamentou.

No início do ano, os meios de comunicação social ucranianos expressaram preocupação com a capacidade hoteleira em algumas das cidades que acolhem os jogos do Europeu e o elevado preço de permanecer em Kiev para os visitantes.

As estimativas colocam os preços dos quartos em Kiev no dobro da alternativa de quem queira pernoitar na capital polaca, Varsóvia.

Portugal, que se encontra no grupo B do torneio, juntamente com a Alemanha, Dinamarca e Holanda, vai disputar os encontros da fase de grupos na Ucrânia, mas escolheu como quartel-general a cidade de Opalenica, na Polónia.

Uma pernoita em Kiev durante o torneio pode chegar aos 247 euros, comparando com os 54 euros em Varsóvia.

Portugal inicia a fase de grupos frente à Alemanha, a 09 de junho, em Lviv, depois a 13 enfrenta a Dinamarca, também em Lviv e a 17 de junho tem o embate com a Holanda, em Kharkiv.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.