Depois do penalti falhado frente à Itália no desempate nos castigos máximos, Thomas Muller não quer voltar a ser chamado para esse tipo de decisões.

"Não vou marcar mais penaltis nas próximas duas semanas", afirmou o jogador, citado pelo jornal Bild.

"Vou trabalhar a minha técnica por uns tempos para voltar mais forte. Por agora vou deixar que sejam outros a marcar. Se formos novamente a penaltis e precisarmos de alguém, estarei disponível. Mas não vou pedir para marcar», acrescentou.

O dianteiro não está preocupado por ainda não ter feito o gosto ao pé neste Europeu.

"Vou continuar a tentar, se acontecer, acontece. Se ganharmos a final sem que tenha marcado um golo, posso não ser elogiado pela imprensa mas levo um troféu para casa".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.