No aniversário de Portugal Campeão da Europa, recordamos a caminhada de Portugal face ao primeiro grande título com a seleção principal. A mais bela história do futebol luso arrancou em Marcousis e culminou em Paris com uma grande festa com as cores nacionais.

No primeiro jogo a eliminar, Portugal enfrentou a Croácia nos oitavos de final do Campeonato da Europa. Num encontro em que não havia um claro favorito, a seleção nacional continuava à procura de uma vitória depois de se ter apurado com três empates na fase de grupos. Contra a equipa pautado por Modric, Portugal estava oficialmente no ‘mata-mata’.

Para os oitavos de final, Fernando Santos apostou praticamente na mesma equipa que empatara com a Hungria. A entrada de José Fonte para o lugar de Ricardo Carvalho foi a única alteração na equipa que alinhou com Rui Patrício na baliza, Pepe, José Fonte, Raphael Guerreiro e Cédric Soares na defesa e um meio-campo composto por Adrien Silva, William Carvalho, João Mário e André Gomes. Na frente, a dupla habitual de Nani e Ronaldo.

Num encontro muito tático e sem grandes oportunidades de golo, o meio-campo foi um campo de batalha entre portugueses e croatas. Os esquemas táticos semelhantes colocaram alguma inércia no relvado com mais preocupação dos dois lados em anular o oponente. Com Adrien Silva a mostrar serviço – Modric ficou sem espaço e sem capacidade de influenciar devido à ação do português – Portugal teve menos posse de bola, menos remates, mas também não sofreu nenhum susto durante os 90 minutos.

No prolongamento, toda a ação estava reservada para a segunda parte. Já com Renato Sanches, Quaresma e Danilo em campo, Portugal viu Perisic acertar no poste da baliza de Rui Patrício quando faltavam menos de cinco minutos para o final do prolongamento. O suster de respiração pouco durou porque, na resposta, Renato Sanches levou a bola até à área croata onde Nani Serviu Ronaldo para tentar o golo. O guardião defendeu o primeiro remate, mas não conseguiu fazer para evitar o golo de Quaresma numa recarga de cabeça.

A Croácia ainda tentou, nos minutos finais chegar ao empate e levar o jogo para as grandes penalidades, mas sem sucesso. O árbitro apitou pela última vez e Portugal garantiu a passagem para os quartos de final do Campeonato da Europa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.