Puyol, ex-jogador e antigo internacional espanhol comentou a polémica em torno de Vicente Del Bosque e Casillas.

"Pouco posso dizer sobre o que se passou entre Iker e Vicente, não conheço os detalhes da situação. Mas eles terão de se entender, no final penso que o que vai pesar mais são os bons momentos que viveram ambos e é com isso que devem ficar os adeptos, mas a verdade é que as palavras do técnico me surpreenderam bastante", disse.

Casillas ficou no banco durante todo o Euro 2016, e o ex-jogador acredita que é um situação "complicada quando se jogou sempre e quando se foi importante para a equipa".

"Não sei as conversas que tiveram, mas se eu fosse treinador ou me pedissem opinião, sou partidário de que se Del Bosque tinha as coisas claras teria de ter falado com Casillas e ele devia ter decidido se queria continuar na seleção, porque afinal de contas é o capitão, ou preferia deixar e dar o lugar a um jovem, porque ele não iria ter oportunidades", finalizou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.