São irmãos, nasceram na Suíça, mas optaram por representar seleções diferentes. Assim é a história de Granit e Taualan Xhakat, jogadores que estão no Euro2016 a representarem a Suiça e a Albânia, respetivamente. Granit e Taualant nasceram em Basileia mas são filhos de pais kosovares-albaneses que fugiram da guerra.

Agora soube-se que ambos dão 80 por cento do salário aos pais. E não é pouco dinheiro. Granit, por exemplo, vai jogar no Arsenal na próxima época, depois de deixar o Borussia Moenchengladbach, e irá auferir um salário de cinco milhões de euros anuais.

"Dou 80 por cento do meu salário aos meus pais. O meu irmão Taulant faz o mesmo", revelou o mais recente reforço dos ´gunners`.

No sábado, dos dois entraram para a história das competições europeias, já que pela primeira vez dois irmãos se defrontaram num campeonato da Europa de seleções.

Agora que o Kosovo foi admitido na UEFA e já pode disputar as eliminatórias de acesso ao Mundial2018, os dois jogadores podem vir a trocar de seleção, se assim desejarem.

A FIFA permite que os jogadores que tenhas ascendência kosovar possam jogar pela seleção do Kosovo, mesmo que tenham alinhado por outras seleções.

Granit já disse que a sua seleção é a Suíça, Taulant ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.