Tomo Sokota foi dos poucos jogadores croatas a passarem por Portugal. O antigo jogador do Benfica e do FC Porto projetou o encontro entre a Croácia e Portugal, dos oitavos-de-final do Euro2016 onde falou dos problemas de Portugal e dos pontos fortes e fracos de cada seleção.

"A Croácia tem um grupo mais forte que Portugal. Os jogadores são amigos dentro e fora de campo, existe uma grande entreajuda e todos jogam nas suas posições naturais. O Rakitic tem jogado muito bem, o Modric está em grande forma... Têm uma grande equipa. Portugal tem muita qualidade individual, mas falta sempre alguma coisa. No passado foi assim e o problema mantém-se", disse o antigo avançado, em declarações ao Record.

Para Sokota, Portugal tem de jogar mais como equipa e não ficar à espera que seja Cristiano Ronaldo a resolver os problemas.

"Toda a gente fica à espera do que ele pode fazer e a verdade é que tem jogado mais para a equipa. Eu adoro o Cristiano, pela forma como joga, como trabalha, como vive o futebol e como tem fome de golos. Mas precisam de puxar todos para o mesmo lado. Se todos fizerem como ele, os resultados aparecem", apontou o antigo jogador do FC Porto e do Benfica.

Apesar de estar a torcer pela Croácia, o antigo avançado sublinha que, se for para ser eliminado do Euro, que seja contra Portugal.

"Prefiro que seja Portugal a ganhar à Croácia do que outra equipa qualquer. É um país pelo qual tenho um enorme carinho, o meu filho nasceu em Lisboa e a minha filha no Porto. Por isso, independentemente do resultado, não vou ficar triste", atirou.

O Portugal-Croácia, dos oitavos-de-final do Euro2016, está marcado para às 20h00 deste sábado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.