Fernando Santos considera que o modelo do Europeu deste verão afeta a verdade desportiva, pelas várias equipas que poderão disputar a fase de grupos em casa.

"Foi uma coisa que a UEFA quis fazer, que, na altura, entendeu que estava bem e os países apoiaram. É diferente teres um campeonato da Europa realizado num país, em que só há um anfitrião e só um tira o benefício de estar em casa ou teres 11 anfitriões, que é o que temos na realidade", disse, em entrevista à RTP.

O selecionador nacional considera que na fase de grupos, o fator casa pode ser decisivo, recordando que no grupo de Portugal, só a equipa das quinas e a França não jogam 'em casa'.

"No nosso grupo, Portugal e a França jogam sempre fora, a Hungria joga dois em casa e um fora e a Alemanha joga os três em casa... Não é só no nosso grupo, acontece em todos. Nesta fase de grupos, que é sempre uma fase muito complicada, o fator casa pode influenciar muito. Isto influencia a verdade desportiva de alguma forma", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.