Portugal entra em campo esta terça-feira, frente à Hungria, para o primeiro duelo do Grupo F do Euro 2020. Cristiano Ronaldo foi o jogador escolhido para lançar a partida em Budapeste, juntamente com Fernando Santos.

Posição em que se sente mais confortável a jogar? "Sinto-me confortável a jogar na frente, como sempre. Na esquerda, direita, frente, atrás, onde for melhor para ajudar a equipa a ganhar, é o mais importante, independentemente de eu jogar na posição que eu mais gosto. Qualquer posição me vai bem. Importante é ganhar e ajudar a seleção."

Saiba tudo sobre o Euro2020: fotos, vídeos, infografias, notícias e reportagens.

Presença no quinto Europeu: "É um bom recorde, mas melhor recorde seria ganhar dois Europeus de forma consecutiva, isso para mim era um recorde mais bonito. A equipa está bem e tem trabalhado bem desde o dia 27. Estamos preparados. Espero que amanhã entremos com o pé direito, afinal é crucial entrar bem nesta competição."

Impacto da COVID-19 na Seleção: "Não será um fator importante neste momento. Quanto mais focamos em algo a concentração vira-se para aí. Foi uma pena o João ter dado positivo, mas não estamos preocupados com isso. Nem falámos da covid-19. É um assunto que já cansa toda a gente. Infelizmente temos que saber viver com isso. No meu ver esta equipa está concentrada no jogo. Vai ser o primeiro europeu de muitos deles. O resto não abala esta seleção. Respeitamos todas as regras mas estamos focados nos jogos."

Hungria melhor ou pior do que no Euro 2016? "Isso veremos no final do jogo. Agora temos de estar concentrados exclusivamente em nós. Trabalhámos muito bem nestes 10/12 dias. Se as equipas quiserem ganhar esta competição têm de estar preparadas para todas as circunstâncias."

Futuro na Juventus: "Já jogo a um alto nível há 18 anos. Acho que isso não me faz cócegas. Se eu tivesse 18 ou 19 anos acho que não dormia a pensar no meu futuro. O foco está na Seleção. É o meu quinto Europeu. Quero é entrar bem."

Última vez que Portugal entrou a ganhar numa competição de seleções foi em 2008: "Nem me lembro. Isso não quer dizer nada na minha opinião, mas se me disserem que entramos a perder e que ganhamos no final... O plantel é jovem, mas tenho a certeza que vamos fazer um bom Europeu e que os jogadores vão estar todos preparados."

Presença de público nos estádios: "Todos os estádios deviam estar sempre lotados. É bonito para quem está no estádio e para quem vê em casa, agora a pandemia tem destruído isso. Agora, por mim, os estádios estavam sempre cheios."

Saiba tudo sobre o Euro2020: fotos, vídeos, infografias, notícias e reportagens.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.