Portugal procura hoje manter o seu caminho triunfante no apuramento para o Euro2024 de futebol, na receção ao Luxemburgo, rival de boa memória, num encontro em que o capitão Cristiano Ronaldo é baixa certa.

Após cinco triunfos na primeira cinco jornadas, algo inédito no futebol nacional, a seleção lusa recebe o segundo classificado do Grupo J e tem tudo para fugir ainda mais na liderança, perante um adversário que historicamente é bem ‘simpático’ para a equipa das ‘quinas’.

Em 20 duelos, Portugal apenas cedeu um empate e uma derrota e, a atuar em casa, leva nove vitórias em nove jogos, com um registo esmagador de 34 golos marcados e nenhum sofrido.

O último embate foi já nesta fase de qualificação, em março, com Portugal a golear no Luxemburgo, por 6-0, com um ‘bis’ de Cristiano Ronaldo.

Castigado, com cinco golos em cinco jogos, Ronaldo é baixa certa na seleção portuguesa, com Gonçalo Ramos confirmado como seu substituto no ‘onze’ inicial frente ao Luxemburgo pelo selecionador Roberto Martínez, logo após o jogo na Eslováquia (1-0).

Depois do triunfo em Bratislava, a seleção de Martínez chega ao jogo no Estádio Algarve com 15 pontos, cinco acima dos próprios eslovacos e do Luxemburgo, que partilham o segundo posto, num grupo em que Bósnia-Herzegovina e Islândia parecem cada vez mais longe da luta pelo apuramento.

Um triunfo sobre o Luxemburgo abre logo um intervalo de oito pontos para o terceiro posto, que já não dá direito a apuramento, deixando Portugal com possibilidade de festejar a qualificação em 13 de outubro na receção à Eslováquia, no Estádio do Dragão, no Porto, ou então em 16, na Bósnia-Herzegovina.

O que dizem os selecionadores

Roberto Martínez (Portugal)

“Gosto de ter uma equipa ganhadora, com qualidade sem bola e com bola. Na Eslováquia (1-0), as qualidades sem bola foram de alto nível. Com bola, não tivemos os momentos que podemos ter, ainda mais tendo em conta as qualidades individuais que há no balneário. Mas, a atitude e o esforço foi fantástico”.

Luc Holtz (Luxemburgo)

“É preciso uma pontinha de sorte durante o jogo. Se não tivermos, o jogo vai correr mal. Sabemos que teremos pela frente a equipa mais forte do grupo, mas no futebol há sempre surpresas, embora não saiba se haverá amanhã [segunda-feira] ou não”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.