João Félix foi o escolhido para estar ao lado de Roberto Martínez na antevisão ao duelo com a Bósnia.

Com a Seleção já apurada para o Euro 2024, o avançado espera dificuldades num terreno difícil e comentou o apoio no Estádio do Dragão frente à Eslováquia, onde não foi assobiado. Félix deverá ser titular e quem sabe partilhe o campo com João Neves, que recebeu rasgados elogios.

O jogo: "Mesmo já estando qualificados, estamos pressionados a ganhar e a jogar bem. Contra nós, a Bósnia fez um grande jogo e foi difícil para nós. Ao intervalo só estávamos a ganhar 1-0. A Bósnia é uma boa seleção. Este não é um grupo fácil, mas acho que a Bósnia ainda pode chegar ao Euro".

Ambiente adverso: "Sabemos que os adeptos são doidos, no bom sentido. Eles amam o futebol e sei que a Bósnia vai ter muito apoio das bancadas. Mas nós também vamos ter adeptos, como sempre, e estamos preparados para este tipo de ambiente".

Não foi assobiado no Dragão: "Espero que tenha sido uma mudança positiva. Antes assistimos a episódios de companheiros que foram assobiados. Temos que perceber que uma coisa são os clubes, outra é a seleção. Estamos todos do mesmo lado".

João Neves: "Já conheço o Neves há algum tempo, é da geração do meu irmão. Já o vejo jogar desde os 12, 13 anos. Sempre foi assim, baixinho, mas nunca perde um duelo, seja no ar ou no chão. Tem 19 anos, mas pensa o jogo como tivesse 30".

Portugal defronta a Bósnia esta segunda-feira às 19h45.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.