O defesa Mats Hummels, que alinha no Bayern de Munique, considerou hoje “incompreensível” o afastamento da seleção alemã de futebol, anunciado na terça-feira pelo técnico Joachim Löw, que prescindiu também de Thomas Müller e Jerôme Boateng.

“Apesar de achar que se trata de uma decisão desportiva injustificável (mas que respeito), considero-a incompreensível”, escreveu o central do Bayern de Munique na rede social ‘twitter’.

Noutras publicações, Hummels, que contabiliza 70 internacionalizações pela ‘Mannschaft’, disse que “sempre” teve uma “boa e sincera relação” com as pessoas da Federação Alemã de Futebol (DFB).

Na terça-feira, o selecionador alemão, Joachim Löw, anunciou que vai deixar de contar com os jogadores Mats Hummels, Jérôme Boateng e Thomas Müller, todos campeões mundiais em 2014, sob o seu comando técnico, tendo viajado até Munique para comunicar pessoalmente essa decisão aos jogadores.

Thomas Müller, de 29 anos, soma 100 internacionalizações, enquanto Boateng e Hummels, ambos de 30 anos, totalizam 76 e 70 jogos, respetivamente, pela seleção principal.

Os três futebolistas participaram na conquista do Mundial2014, no Brasil, e estiveram também no Mundial2018, na Rússia, prova na qual a Alemanha foi afastada na fase de grupos e registou a sua pior participação de sempre.

Desde setembro, devido à pressão de alguns maus resultados, Joachim Löw já prescindiu de Sami Khedira, e deixou de contar também com Mesut Özil, que anunciou o abandono da seleção, acusando a federação alemã de racismo, devido a uma polémica relacionada com a sua ascendência turca.

Dos campeões de 2014, apenas dois podem ser chamados à seleção: o guarda-redes do Bayern Munique Manuel Neuer e o médio do Real Madrid Tony Kroos.

A Alemanha inicia a qualificação para o Euro2020 em 24 de março, frente à Holanda, defrontando quatro dias antes a seleção da Sérvia, adversária de Portugal nesta fase, num encontro particular.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.