Apesar da Itália precisar de apenas um ponto para garantir o apuramento para o Europeu, o selecionador nacional Luciano Spalletti prometeu este domingo continuar com uma abordagem de alto risco, tendo em vista o confronto de segunda-feira com a Ucrânia em Leverkusen.

Um empate basta para a 'squadra azzurra' garantir um bilhete para o Campeonato da Europa da Alemanha no próximo ano, contudo Federico Chiesa garante que a sua equipa não vai recuar e limitar-se a defender.

"Estamos mais positivos sob o comando de Spalletti. Assumimos um pouco mais de riscos na defesa. Queremos jogar contra a Ucrânia com essa mentalidade", afirmou o jogador da Juventus.

Os campeões europeus em título procuram garantir um lugar que lhes permita defender o cetro conquistado em Wembley diante da Inglaterra, e regressar a um grande palco internacional, isto após terem falhado o último Campeonato do Mundo.

Já para a Ucrânia, equipa que apenas perdeu um dos últimos sete jogos da fase de apuramento, só a vitória interessa. É esperada casa cheia em Hamburgo para este jogo decisivo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.