Portugal continuou hoje a sua campanha cem por cento vitoriosa, na qualificação para o Europeu de futebol do próximo ano, torneio que passou a ter 11 seleções já apuradas, com Eslováquia e Hungria a conseguirem a vaga.

Depois da vitória no Liechtenstein, por 2-0, os lusos ficam a um triunfo sobre a Islândia, domingo, em Lisboa, para terminar só com vitórias os jogos disputados, um feito que ainda pode ser igualado por França.

O Grupo J há semanas que tinha um 'vencedor anunciado', Portugal, e a corrida para o segundo lugar, que também dá apuramento, tinha vários candidatos, acabando por pender para a Eslováquia, vencedora da Islândia por 4-2.

Quanto à Hungria, será vencedora ou segunda no Grupo G, depois dos resultados de hoje, em que empatou na Bulgária, 2-2 - ainda poderá ser ultrapassada por Sérvia, mas não por Montenegro.

Com nove vitórias, 27 pontos e 34-2 em golos, Portugal estendeu em Vaduz a sua impressionante campanha da era Martínez. O resultado é 'escasso' para o que os lusos vinham habituando, com 2-0, golos de Cristiano Ronaldo (46 minutos) e João Cancelo (57).

'CR7' vai 'atualizando' recordes e passa a ter 128 golos pela seleção.

Para o segundo lugar, a Eslováquia foi mais forte que a concorrência e 'selou' o apuramento com vitória de 4-2 sobre a Islândia.

Ainda passou por um susto, com o golo de Óskarsson (17 minutos), a que respondeu com os tentos de Kucka (30), Duda (36, de grande penalidade) e Haraslín (47 e 55), antes de Guðjohnsen fixar o 4-2, aos 74 minutos.

Para trás, em terceiro, fica o lutador Luxemburgo, que goleou a Bósnia-Herzegovina por 4-1.

Olesen (seis minutos), Gerson Rodrigues (30, de grande penalidade) e Mujakiic (55, autogolo), marcaram para o Luxemburgo, antes de Gojkovic (90+3) reduzir e Gerson Rodrigues fechar o 4-1, aos 90+5.

Portugal, com 27 pontos, e Eslováquia, com 19, ficam com as vagas do grupo e Luxemburgo será terceiro, com 14. Mais para trás estão Islândia (10), Bósnia-Herzegovina (9) e Liechtenstein, ainda a zero.

No grupo G, só é certo que uma das vagas será da Hungria, tanto a vitória na 'poule' como a outra seleção apurada são questões ainda por resolver.

A Hungria empatou na Bulgária, 2-2, e o Montenegro bateu a Lituânia por 2-0, deixando a Hungria na frente, com 15 pontos, a Sérvia com 13 e Montenegro com 11. Com seis pontos está a Lituânia e com três a Bulgária, já sem quaisquer hipóteses de apuramento para a última jornada.

Em Sofia, Adam adiantou a Hungria (10) e a Bulgária virou, através de Delev (24) e Despodov (78, de grande penalidade). A Hungria teve então a qualificação 'oferecida' com o autogolo de Petkov (90+7).

Em Podgorica, os golos foram de Kuc (03) e Jovetic (48).

Já resolvidos estavam os grupos A e F, pelo que a jornada foi para 'cumprir calendário' e confirmar os favoritos.

No grupo A, a Espanha foi a Chipre vencer por 3-1 e a Escócia empatou 2-2 na Geórgia.

A Espanha lidera com 18 pontos, mais dois que a Escócia e ambas já têm o 'bilhete' para a Alemanha. Segue-se a Noruega, com 10, a Geórgia, com oito e Chipre sem pontos.

A Áustria, no grupo F, beneficiou da 'folga' da Bélgica para lhe arrebatar o primeiro lugar, com a vitória por 2-0 na Estónia.

Nada de muito 'interessante', já que a Áustria, com 19 pontos, e a Bélgica, com 17 pontos, estão tranquilamente apuradas.

Em terceiro lugar está a Suécia, de Gyokeres, mesmo tendo sido goleado por 3-0 na deslocação ao Azerbaijão. Ambos têm sete pontos, mais seis do que a Estónia, que fecha a classificação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.