Está feito. Portugal sagrou-se este sábado campeão europeu de sub-17, com um triunfo diante da Espanha na final do torneio, na marcação de grandes penalidades. No tempo regulamentar do encontro disputado no Azerbaijão as duas equipas empataram a uma bola.

A equipa lusa, comandada por Hélio Sousa, entrou na partida de forma muito ofensiva e aproximou-se do golo aos 22 minutos, mas Domingos Quina acertou no travessão da baliza defendida por Peña. Pouco depois, porém, Diogo Dalot abriu o marcador para a equipa das 'quinas' com um remate cruzado pleno de força, libertando os primeiros festejos lusos.

A equipa espanhola respondeu após o golo e chegou ao empate por Brahim, que cabeceou por cima de Diogo Costa, para o 1-1. Foi o primeiro e único golo sofrido por Portugal na competição.

O empate perdurou ao longo do segundo tempo e a decisão passou para as grandes penalidades. No desempate, Portugal levou a melhor, com Morlanes a ser o autor do falhanço que deu o título à formação das 'quinas'.

Portugal volta assim a sagrar-se campeão europeu da categoria 13 anos depois do último triunfo.

Equipa de Portugal: Diogo Costa, Diogo Dalot, Diogo Queirós (Cap.), Diogo Leite, Rúben Vinagre; Florentino, Gedson Fernandes, Domingos Quina (Rafael Leão, 78´), João Filipe, Mesaque Dju (Miguel Luís, 55´) e José Gomes.

Suplentes não utilizados: Luís Maximiano, Thierry Correia, Luís Silva, Lameira e Mickael Almeida

Treinador: Hélio Sousa

Equipa de Espanha: Peña (Adrián,80´), Robles, Brandariz, Subias, Zabarte; Morlanes (c), Busquets; Mboula (Lozano,78´) , Brahim, García (Ivan Martin, 70´); Ruiz.
Suplentes não utilizados: Ujía, Calderón, Millán e Aliaga
Treinador: Santi Denia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.