O avançado Mickael Almeida só pensa em vencer a Bélgica, no último jogo do Grupo A do Europeu de futebol de sub-17, apesar de a seleção portuguesa já estar qualificada para os quartos de final da prova.

“Queremos ganhar. A Bélgica é a seleção n.º 1 do ‘ranking’ de seniores e, obrigatoriamente, tem de ter qualidade nos escalões de formação. E a verdade é que têm tido sucesso nos últimos anos”, advertiu Almeida, em declarações publicadas no site oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Mesmo com o ‘passaporte’ carimbado para a fase seguinte da competição, que decorre no Azerbaijão, o jogador do Lyon alertou para a importância de “ficar em primeiro lugar” no Grupo A, o que pode acontecer mesmo em caso de empate com os belgas, na terça-feira, em Baku.

Apesar de a igualdade ser suficiente para atingir os objetivos, Almeida quer conquistar o terceiro triunfo seguido, depois da goleada por 5-0 ao anfitrião Azerbaijão, na quinta-feira, e do triunfo obtido no domingo sobre a Escócia, por 2-0, que garantiram a qualificação antecipada para os ‘quartos’.

“Penso que temos de manter a nossa identidade. Vamos continuar a fazer o nosso jogo de posse e de criação de oportunidades. Se assim for, acabaremos por vencer. Nós sentimos que somos respeitados pelas outras seleções e queremos continuar assim”, assinalou.

Em vésperas de fechar a participação na primeira fase da prova, a equipa portuguesa cumpriu hoje o último treino antes do confronto com a Bélgica, em Baku, sob a orientação do selecionador Hélio Sousa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.