O selecionador português de sub-19, Filipe Ramos, disse hoje acreditar no triunfo de Portugal na final do Europeu de futebol da categoria, elogiando o crescimento da equipa ao longo da competição.

"Tínhamos como primeiro objetivo chegar às meias-finais. A equipa tem crescido muito e estamos convictos que vamos vencer amanhã [sábado]. Claro que se fizer a pergunta ao treinador espanhol ele vai dizer o mesmo. (...) Era uma satisfação como treinador dar sequência a este fantástico percurso que temos feito na FPF. Somos detentores do troféu e era com grande felicidade que renovaríamos este título", disse.

Campeão do mundo de sub-20, em 1989, Filipe Ramos considerou que o jogo da final "vai ser parecido" com o da fase de grupos entre as duas equipas e que terminou com uma igualdade a um golo.

"As duas equipas vão respeitar-se muito nos primeiros minutos, vão arriscar pouco. Sabemos o que temos de fazer e queremos muito ganhar", assumiu.

Sobre a equipa espanhola, o treinador considerou que tem "um coletivo muito forte", destacando o ponta de lança Abel Ruiz, além de Sérgio Gómez e de Ferrán Torres, também opções atacantes.

"Do outro lado, o treinador da Espanha de certeza que também vai ter algum cuidado com alguns jogadores nossos, mas, acima de tudo, quero que ele tenha cuidado com a boa equipa que nós temos", assumiu.

O capitão da 'equipa das quinas', Vítor Ferreira, acredita que, por ser uma final, este jogo "vai ser muito diferente", até porque "as duas equipas vão estar mais motivadas do que nunca".

"Estamos preparadíssimos para defrontar a Espanha e ansiosos para que comece o jogo", disse o médio, que considera este "o jogo mais importante" das curtas carreiras.

O jogador do FC Porto pode, tal como outros cinco colegas, somar o segundo título europeu em 2019, depois de, ao serviço dos 'dragões', ter vencido a UEFA Youth League.

"Se conseguirmos fazer isso é muito bom, queria dizer que toda a equipa era campeã europeia. Talvez esta [final] seja um pouco mais importante", afirmou.

O selecionador espanhol, Santi Denia, elogiou o trabalho feito nesta categoria por Portugal, que chega pela terceira vez consecutiva à final.

"Neste torneio, se foi primeira no grupo, é por alguma razão. Vai ser um encontro muito equilibrado e que será decidido nos detalhes", assumiu.

O avançado Abel Ruiz diz que esta é uma final que os espanhóis querem ganhar e que "vai ser muito bonita, até porque pode ser o último jogo desta geração junta".

"Temos muito vontade de ganhar, sabendo que Portugal vai tornar as coisas muito difíceis e temos de dar 100% para conseguir a vitória", referiu.

A final do Europeu de sub-19 está marcada para as 17:30 de sábado, em Erevan.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.