Emílio Peixe manifestou a sua satisfação pelo apuramento de Portugal para as meias-finais do Europeu de sub-19, que dão igualmente o passaporte automático para o Mundial de sub-20 do próximo ano.

O empate (1-1) com a Itália no jogo da terceira jornada da fase de grupos selou a qualificação lusa, mas o selecionador deste escalão reconheceu as dificuldades sentidas pela equipa das quinas. "Foi um jogo difícil, frente a uma seleção italiana muito forte e que nos criou muitos problemas. A equipa acusou um pouco o golo mas depois voltámos a ter uma alma enorme. Sempre estivemos focados no que ambicionávamos: conseguir o apuramento para o Mundial de sub-20", declarou.

"Sentimos que o golo do Buta seria o passaporte para conseguirmos o nosso primeiro objetivo. Atingimo-lo de forma sofrida, mas nada se consegue na vida sem sofrimento e, no fim, até sabe melhor. Agora vamos tentar recuperar da melhor forma possível e o próximo objetivo é atingir a final deste Campeonato da Europa", atirou, de seguida, Emílio Peixe.

Portugal irá agora defrontar Holanda ou França nas meias-finais do Europeu de Sub-19, que está a decorrer na Alemanha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.