O selecionador suíço de futebol de sub-21 mostrou-se hoje entusiasmado por defrontar Portugal na quarta-feira, em Ljubljana, em encontro da terceira e última jornada do Grupo D do Campeonato da Europa da categoria.

“É maravilhoso, porque vamos defrontar uma das melhores equipas da Europa e sempre quisemos jogos destes. A equipa de Portugal está a jogar muito bem, tem muita velocidade, é dinâmica e consegue combinar bem na frente, sem deixar de demonstrar solidez defensiva”, avaliou Mauro Lustrinelli, em videoconferência de imprensa.

Os helvéticos repartem o segundo lugar do Grupo D com a Croácia, ambos com três pontos, mas têm desvantagem no confronto direto (2-3), pelo que precisam de pontuar frente à equipa das ‘quinas’ e esperar que os croatas percam diante da Inglaterra.

“O aspeto mental será muito importante neste jogo. Teremos de estar muito bem organizados e mostrar mais eficiência ofensiva e defensiva em comparação com o jogo contra a Croácia. Não sei a que jogo teremos direito, mas, em qualquer caso, espero que seja disputado com a nossa identidade”, afiançou o ex-avançado internacional suíço.

Na mesma videoconferência de imprensa esteve presente o defesa Jan Bamert, que admitiu existir uma “motivação muito grande” para medir forças com “uma das equipas mais fortes do torneio, que apresenta grandes individualidades e solidez defensiva”.

“Vamos defrontar os favoritos e não temos nada a perder. Temos o objetivo de nos qualificarmos para a próxima fase e o destino nas nossas mãos. Claro que vamos entrar em campo com uma mentalidade vencedora, até porque queremos regressar à Eslovénia no início de junho. Os detalhes farão a diferença”, vincou o central do Sion, de 23 anos.

Questionado sobre se o favoritismo teórico de Portugal poderá diluir as ambições dos pupilos de Mauro Lustrinelli, Jan Bamert assegurou que “nada bloqueia” a Suíça, que até começou a fase de grupos com uma surpreendente vitória sobre a Inglaterra (1-0).

“Se alguém nos dissesse que estaríamos aqui hoje com três pontos e uma oportunidade de qualificação, teríamos assinado. Claro que Portugal é um dos favoritos, mas isso dá-nos muita motivação e energia positiva. Extraímos aprendizagens do último jogo e amanhã [quarta-feira] precisamos de um grande desempenho”, concluiu o defesa.

O lateral direito Silvan Sidler está lesionado e constitui a única ausência do conjunto helvético para o duelo com a equipa das ‘quinas’, na quarta-feira, às 18:00 locais (17:00 em Lisboa), no Estádio Stozice, em Ljubljana, com arbitragem do sueco Glenn Nyberg.

Um empate garante a Portugal a vitória na ‘poule’ e a entrada na próxima fase, que também poderá advir de uma derrota por um golo frente à Suíça, exceto 1-0 ou 2-1, ou se a Croácia não derrotar a Inglaterra à mesma hora, em Koper, também na Eslovénia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.