A seleção portuguesa de sub-21 venceu, na tarde desta terça-feira, o Azerbaijão (3-1), com golos de Rafa (13’), Edgar Ié (82’) e Ricardo Esgaio (91`) no Estádio Municipal de Rio Maior. Com este resultado, Portugal fecha a fase de apuramento para o Europeu, com oito vitórias em oito encontros, num total de 24 pontos somados.

O jogo ficou ainda marcado pelas estreias de Iuri Mederios (Sporting), Edgar Ié (Barcelona) e Rúben neves (FC Porto), enquanto o guarda-redes Rui Silva (Nacional da Madeira) ficou no banco.

Sem pressão nem preocupação com o resultado – Portugal assegurou o apuramento na passada quinta-feira com a vitória diante da Noruega (2-1) - o jogo começou com um Portugal muito irrequieto e com Iuri Medeiros a querer mostrar serviço, desferindo o primeiro remate do jogo logo aos seis minutos da partida. Três minutos volvidos e surge a primeira situação polémica, onde os jogadores reclamam golo após boa jogada de combinação e remate de Ricardo Pereira. Ficam dúvidas quanto à jogada, se bola ultrapassou ou não a linha de golo.

Apresentando um bom entrosamento, Portugal teve bons momentos durante a primeira parte, dominando completamente o jogo contra um inofensivo Azerbaijão. Ricardo Pereira, esteve em destaque, ele que foi um dos mais rematadores na linha da frente. O irrequieto Iuri Medeiros e um ofensivo Ricardo Esgaio no corredor direito também estiveram em destaque. Ao intervalo, o resultado era curto para o futebol apresentado pela formação de Rui Jorge.

Na segunda parte, o jogo começou com maior equilíbrio, podendo-se verificar uma equipa azeri mais subida no terreno, que consegue empatar a partida logo aos 55’, por intermédio de Abdulla Abasiyev, num remata rasteiro, na cobrança de um livre à entrada da área, após falta desnecessária de Paulo Oliveira.

Quatro minutos depois Rui Jorge faz entrar Tomané em campo por troca com João Mário, colocando um ponta-de-lança e retirando um médio de transição. A intenção do treinador de colocar mais um homem no ataque quase resultou quando o dianteiro do Vitória de Guimarães cabeceou ao lado após cruzamento de Iuri Medeiros.

Aos 70’, o técnico optou ainda por fazer duas substituições colocando o portista Tozé para refrescar o meio campo por troca com Rafa e Iuri Medeiros saiu para dar lugar a Carlos Mané, autor de um dos golos no encontro diante da Noruega, com a turma lusa a marcar dez minutos depois. Edgar Ié teve uma estreia de sonho, num remate à meia volta, na sequência de um canto.

Na segunda parte as equipas estiveram menos ativas, com muita luta no centro do terreno e pouca ação junto das balizas. Nos últimos minutos, dois atletas azeris foram expulsos - Tashkin (85’) e Aliyev S (90’) – e os portugueses conseguiram ainda aumentar a vantagem, num penálti convertido por Ricardo Esgaio (91’).

Esta vitória veio aumentar para doze o número de triunfos consecutivas de equipa das “quinas”. Portugal vai agora jogar o play-off final de acesso para o Europeu de 2015, a ser realizado na Noruega.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.