Uma goleada das antigas. A seleção de sub-21 de Portugal venceu a do Liechtenstein por 7-0, em encontro da 6.ª jornada do apuramento para o Euro 2019 em sub-21. Ao intervalo já estava 5-0. Diogo Gonçalves brilhou com um hat-trick

No estádio João Cardoso, em Tondela, a chuva não impediu quase três mil adeptos de presenciarem o brilho dos jovens lusos, que fizeram uma exibição convincente, séria, responsável, perante a fraca formação do Liechtenstein.

Portugal, que procura chegar a liderança do Grupo 8, liderado pela Bósnia e Herzegovina e Roménia (ambas com 12 pontos), tentava limpar a má imagem dos últimos jogos, principalmente depois da derrota fora com a Bósnia e o empate na Roménia.

Com um onze recheado de jogadores pertencentes ao Benfica como Francisco Ferreira, Yuri Ribeiro, Pedro Rodrigues, Diogo Gonçalves, João Carvalho, Heriberto Tavares, João Félix (da equipa B, da principal e outros emprestados), a seleção orientada por Rui Jorge dominou sem dificuldades o adversário, jogando sempre nas imediações do último colocado do Grupo, que só tinha marcado um golo e não somava qualquer ponto.

O festival de golos começou logo aos sete minutos, num livre irrepreensível de Diogo Gonçalves. Aos 10 foi João Carvalho a fazer o 2-0, na transformação de uma grande penalidade um pouco cómica: o guarda-redes contrário largou uma bola que foi às mãos de um defesa.

Novo golo só aos 26 minutos, pelo bracarense Xadas. O extremo apareceu ao segundo poste a encostar, após centro de Heriberto Tavares. Até ao intervalo, mais dois golos: primeiro Diogo Gonçalves a bisar aos 31, num desvio de cabeça após centro de Dalot. Depois João Carvalho, aos 45, a fazer o golo da noite: recebeu um centro na área, 'matou' no peito, fez um 'chapéu' a um adversário e encostou para golo.

No segundo tempo Rui Jorge aproveitou para dar descanso a alguns jogadores e minutos a outros. Lançou Gil Dias, Pedro Delgado, Rafael Leão, nos lugares de Dalot, João Carvalho e João Félix. Mas antes de sair, João Félix inscreveu o seu nome na lista dos marcadores ao fazer o 7-0 aos 67 minutos, num desvio de cabeça, ele que procurava marcar de todas as formas. Antes, tinha sido Diogo Gonçalves, aos 63, a fazer o 6-0, completando assim o hat-trick na partida.

Até ao final a equipa lusa tentou dilatar o marcador, mas já faltava organização ofensiva e também frescura física. Os 7-0 são a maior goleada da seleção de sub-21 de Portugal na era Rui Jorge. Liechtenstein continua a dar-se mal com os lusos: nos dois anteriores também tinha sido goleado, por 4-0 e 7-1, respetivamente.

Se Portugal vencer na próxima terça-feira a Suíça, passa a liderar o Grupo 8 de Apuramento para o Euro de sub-21.

Onzes das duas equipas:

Onze inicial de Portugal: Joel Pereira, Dalot, Francisco Ferreira, Jorge Fernandes e Yuri Ribeiro; Pedro Rodrigues, Diogo Gonçalves, João Carvalho, Heriberto Tavares, João Félix e Bruno Xadas.

Onze inicial do Liechetenstein: Claudio Majer, Manuel Mikus, Philip Seemann, Martin Marxer, Jens Hofer, Fabio Wolfinger, Luca Ritter, Vogt, Meier, Haas e Frick.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.