Um surto de covid-19 entre futebolistas da seleção sub-21 italiana leva a federação transalpina a lançar os sub-20 no jogo contra a República da Irlanda, na terça-feira, relativo à qualificação para o Europeu de sub-21, anunciou hoje a entidade.

"A Federação, por precaução e com sentido de responsabilidade, estabeleceu que será a seleção sub-20 que joga amanhã [terça-feira], às 17:00", informou em comunicado a federação italiana de futebol.

A partida vai realizar-se na Arena Garibaldi-Romeo Anconetani, em Pisa, à porta fechada, seguindo as disposições das autoridades sanitárias devido à pandemia de covid-19.

Segundo a federação, os sub-20, comandados por Alberto Bollini, já tinham sido colocados de prevenção para a necessidade de terem de substituir o escalão acima, por causa de vários casos de covid-19 positivos, e treinam em Florença desde quarta feira, tendo sido submetidos a duas rondas de testes à covid-19, com todos os resultados negativos.

A federação transalpina adiantou ainda que, face à decisão de lançar em jogo os sub-20, pediu autorização à UEFA para juntar a esta seleção os jogadores Patrick Cutrone, Samuele Ricci, Riccardo Sottil e Sandro Tonali, que pertencem ao escalão dos sub-21 e que já tinham estado infetados anteriormente.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e sete mil mortos e mais de 37,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Itália é um dos países europeus mais afetados, contabilizando 36.166 mortos e quase 355 mil casos detetados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.