William Carvalho agradeceu esta quarta-feira o apoio dedicado à seleção portuguesa de futebol de sub-21, que na terça-feira perdeu nas grandes penalidades a final do Europeu frente à Suécia, após o médio do Sporting ter permitido a defesa ao guarda-redes.

"Só tenho que agradecer pelo apoio que nos deram durante todo o Europeu nos momentos bons e nos menos bons. Grupo excelente que merecia pelo futebol praticado durante a competição subir aquelas escadas e trazer o caneco para o nosso país, estão todos de parabéns", escreveu William Carvalho, na rede social Instagram.

A ‘equipa das quinas’, sob o comando de Rui Jorge, perdeu a final do Europeu da categoria por 4-3, no desempate nas grandes penalidades, após o 0-0 no fim do prolongamento, mas William Carvalho confia na consagração dos jogadores lusos.

"Digo e repito, ninguém vai atrasar quem nasceu para vencer! Perdemos uma taça, mas ganhámos um futuro risonho", rematou o internacional português.

A mensagem do médio ‘leonino’ segue a mesma linha de observação do antigo futebolista português Luís Figo, que escreveu no Twitter: "Isto não acaba hoje! Fizeram um grande campeonato e têm todo o futuro pela frente. Parabéns e cabeça erguida! Força miúdos!".

O guarda-redes José Sá também recorreu às redes sociais para agradecer as mensagens de apoio.

"Sentimento de injustiça, um grupo que deu tudo em todos os jogos para honrar o país, sonhando cada vez mais. E é duro cair na marcação de grandes penalidades. Obrigado a todos pelas mensagens de apoio, têm sido incríveis!", pode ler-se na página do guarda-redes do Marítimo.

O ‘capitão’ da seleção portuguesa, Sérgio Oliveira, também expressou a sua ‘dor’ no Instagram, realçando o orgulho pela demonstração de "toda a paixão, qualidade e respeito até ao último segundo neste Europeu".

"Custa perder assim! Custa perder de qualquer maneira", começou por escrever o médio do FC Porto, assumindo o "misto de sentimentos" com o estatuto de vice-campeão europeu: "Neste grupo ninguém gosta de perder! Um orgulho, uma honra poder ter jogado com todos, muitos deles dos melhores jogadores com quem eu já joguei. Somos portugueses, somos jovens, mas temos qualidade e muita! Saímos de cabeça erguida, saímos de um Euro com zero derrotas e um golo sofrido, é triste não conseguirmos o merecido, mas no futebol não há justiça".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.