Uma funcionária pública croata que celebrou em “topless” a vitória da seleção de futebol do seu país frente à Irlanda, no Euro2012 de futebol, corre o risco de sofrer sanções laborais por alegadamente ter violado o código de conduta.

«Temos de reagir. Um funcionário público deve ter uma atitude condizente com o código de conduta da função que ocupa», afirmou uma porta-voz do ministério Cultura, à agência noticiosa France Presse.

Jelena Miksa, funcionária do ministério da Cultura, e a prima, Viktotija, viajaram até à Polónia para apoiar a seleção croata e celebraram o triunfo no jogo de estreia exibindo os seios e permitindo que outros adeptos acariciassem.

As duas jovens croatas despertaram a atenção de alguns fotógrafos e rapidamente as imagens foram difundidas na imprensa e nas redes sociais.

A eventual sanção a Jelena Miksa deverá ser decidida hoje à tarde, ou na quinta-feira de manhã, durante uma reunião do comité de ética do ministério.

Em declarações ao jornal Vecernji List, Jelena Miksa já garantiu que não está preocupada e considerou que o importante é a boa prestação da seleção croata, que quinta-feira defronta a Espanha, campeã europeia.

«Não lamento nada. Para mim o mais importante é a forma como a seleção jogou. Vamos ganhar o Euro», afirmou.

Entretanto, uma delegação local do comité dos Direitos do Homem criticou o processo disciplinar imposto pelo ministério da Cultura, considerando tratar-se de um ataque às liberdades individuais.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.