O selecionador Francisco Neto garantiu hoje que a seleção portuguesa feminina de futebol vai tentar demonstrar, diante da Escócia, que luta de igual para igual, apesar da tristeza que trouxe a derrota com a Finlândia.

"Tenho a certeza de que minha equipa vai tentar mostrar, mais uma vez, que é competitiva e que, dentro de campo, está ao nível de todos os adversários, mesmos os mais cotados no ranking", disse Francisco Neto, em declarações divulgadas pela Federação Portuguesa de Futebol.

Na sexta-feira, em Helsínquia, Portugal perdeu por 1-0 com a Finlândia, sofrendo o golo no último minuto do jogo, e perdeu a possibilidade de vencer o grupo E e ‘carimbar’ o apuramento para o Europeu, o que foi alcançado pelas nórdicas.

A equipa volta a jogar na terça-feira, defrontando a Escócia, num momento em que tem assegurado o segundo lugar e a presença nos ‘play-offs’ de acesso à fase final, mas muito dificilmente conseguirá um apuramento direto, ainda possível para dois segundos lugares, mas com Portugal com grande desvantagem no critério dos golos.

"Se nos tivessem dito que íamos aos 'play-offs' antes de iniciarmos esta qualificação, ficaríamos com certeza todos contentes. No decorrer do apuramento, e fruto do nosso trabalho e competência, vimos que tínhamos capacidade para assegurar mais cedo uma vaga no Europeu, o que não aconteceu”, assinalou o técnico português.

Em relação à Escócia, 21.ª do ranking mundial, à frente de Portugal (30.ª), e que trocou já este ano de selecionador, com a saída de Shelley Kerr e a entrada de Stuart McLaren, Francisco Neto espera dificuldades.

“Está numa fase de transição, notando-se diferenças entre o que fez no jogo com o Chipre (vitória por 10-0) e o que tinha feito nos anteriores. Sem dúvida que as jogadoras escocesas, com experiência acumulada nas fases finais do Mundial e do Europeu e no campeonato inglês, onde a joga a maioria, chegarão de orgulho ferido e vão tentar encerrar o apuramento da melhor maneira", alertou.

Seja qual for o resultado do jogo de terça-feira, em Larnaca, no Chipre, no jogo com início marcado para as 15:10, Portugal termina o grupo E em segundo lugar, atrás da já apurada Finlândia, e a Escócia ficará em terceiro lugar.

Portugal ainda tem um histórico negativo com as escocesas, com cinco derrotas, quatro vitórias e três empates, em 12 jogos, mas venceu os dois últimos duelos, já nesta fase de apuramento, por 1-0, no Estádio do Restelo, em Lisboa, e por 2-1, no Europeu de 2017, nos Países Baixos.

Como segundo classificado e perante a dificuldade de conseguir o apuramento direto (ainda em aberto para dois segundos classificados), Portugal tem, pelo menos, garantida a ida aos ‘play-offs’, em abril, numa eliminatória cujo sorteio será realizado em 05 de março.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.