A seleção portuguesa de futebol feminino procura hoje ganhar vantagem na primeira mão do ‘play-off’ de apuramento para o Europeu, diante da Rússia, e abrir caminho para repetir o trajeto que fez na edição anterior.

Foi em 2016, então diante da Roménia, que Portugal conseguiu no ‘play-off’, com empates 0-0, em casa, e 1-1, fora, o apuramento histórico para o seu primeiro Europeu, e agora tenta, da mesma forma, uma segunda qualificação.

O primeiro jogo disputa-se hoje no Estádio do Restelo, com a equipa das ‘quinas’ (30.ª do ‘ranking’ da FIFA), a receber a partir das 18:30 a Rússia (23.ª), em jogo com arbitragem da suíça Esther Staubli.

O selecionador Francisco Neto não contará com Jéssica Silva (Lyon), Diana Silva (Aston Villa) e Vanessa Marques (Ferencvaros), pelas restrições nos voos entre Portugal e os países dos clubes em que jogam, devido à pandemia da covid-19.

Após o jogo em Lisboa, Portugal jogará a segunda mão em 13 de abril, em Moscovo.

A seleção lusa chega pela quarta vez a um ‘play-off’ de acesso à fase final e tenta alcançar a segunda participação no Campeonato da Europa, após a presença inédita no Euro2017, na Holanda, competição em que se ficou pela fase de grupos.

A fase final do Europeu de 2022 realiza-se em Inglaterra, de 06 a 31 de julho, e, além da seleção anfitriã, já se qualificaram Países Baixos, Dinamarca, Noruega, Espanha, Finlândia, Suécia, França, Bélgica, Alemanha, Islândia, Áustria e Itália.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.