Uli Hoeness, presidente do Bayern Munique, é o mais recente nome a juntar-se à discussão sobre a transferência de Cristiano Ronaldo para a Juventus, a troco de 100 milhões de euros.

Em declarações ao jornal 'Bild', o dirigente dos bávaros explica por que não equacionou contratar o avançado português.

"Tem 33 anos e custar-nos-ia 100 milhões de euros. Aceitaríamos de olhos fechados esse valor se ele tivesse 24 anos", disse.

A cumprir a primeira época no clube de Turim, Ronaldo soma 11 golos e sete assistências em 18 jogos com a camisola da Juventus.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.