Os encontros particulares de futebol agendados para final de março, incluindo o aguardado Espanha-Alemanha, foram cancelados ou adiados, de acordo com as normas impostas hoje pela UEFA, como prevenção à pandemia de Covid-19.

Minutos após o anúncio do organismo que rege o futebol europeu, a federação alemã (DFB) confirmou que o jogo que se iria realizar em Madrid, em 26 de março, e que serviria de preparação para o Euro2020, tinha sido ‘riscado’ do calendário, por causa do novo coronavírus.

Além de uma reedição da final do Euro2008, que os espanhóis venceram por 1-0, a Alemanha, que é adversária de Portugal no próximo Europeu, iria receber a Itália, em 31 de março, num duelo histórico do futebol mundial.

Por seu lado, a Espanha tinha planeado defrontar o Países Baixos, em 29 de março, algo que também já não vai acontecer.

“Todas as competições e jogos da UEFA, incluindo particulares, para clubes e seleções, tanto masculino como feminino, estão impedidos de se realizar, até novas ordens”, informou a UEFA, no dia em que o Euro2020 foi adiado para o próximo ano.

Também como preparação para a fase final do próximo Europeu, que afinal será de 11 de junho a 11 de julho de 2021, Portugal, atual detentor do título, tinha agendado a participação no Torneio Internacional do Qatar, em que iria defrontar Croácia e Bélgica, igualmente no final de março. A prova foi cancelada na semana passada.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 180 mil pessoas, das quais mais de 7.000 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 145 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com mais 67 mil infetados e pelo menos 2.684 mortos, o que levou vários países a adotarem medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal há 448 pessoas infetadas, segundo o mais recente boletim diário da Direção-Geral da Saúde, mais 117 do que na segunda-feira, dia em que se registou a primeira morte no país.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.