A Liga belga de futebol adotou uma série de medidas para evitar a propagação do Covid-19, entre elas a proibição de ‘selfies’, autógrafos e outros cumprimentos entre jogadores e adeptos.

“Os contactos com jogadores não são desejáveis por agora. Por isso, pedimos aos adeptos que não peçam autógrafos, cumprimentos, ‘selfies’ ou camisolas aos jogadores neste período”, pode ler-se num comunicado da ‘Pro League’.

Ainda assim, aquela competição não suspendeu qualquer jogo das próximas jornadas, tomando antes medidas de acordo com as recomendações das autoridades belgas, entre elas as entrevistas de jornalistas a atletas a menos de um metro de distância.

Fica um pedido aos adeptos para que, em caso de doença, não se deslocarem aos estádios na próxima ronda, marcada para o fim de semana, e evitar “contactos diretos fúteis tanto quanto possível”, suprimindo os cumprimentos entre futebolistas no início e fim de jogos.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3.300 mortos e infetou mais de 95 mil pessoas em 79 países, incluindo nove em Portugal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.