O ex-futebolista internacional checo Antonín Panenka, de 71 anos, internado numa unidade de cuidados intensivos perto de Praga, após ter testado positivo à COVID-19, está “estável”, mas com respiração assistida, informou hoje o Bohemians 1905.

“O presidente [honorário] do clube está estável e hoje será transferido para um hospital de Praga, num processo que terá a supervisão do seu médico”, indicou o clube em que o antigo médio começou a jogar, na extinta Checoslováquia.

Panenka, que deu nome a um tipo de marcação de grandes penalidades, quando, no desempate por penáltis no Europeu de 1976, diante da antiga Alemanha Ocidental (RFA), levantou a bola, subtilmente, sobre o guarda-redes alemão, está internado num hospital de Bennes, a 46 quilómetros de Praga.

A situação clínica de Panenka chegou a ser considerada grave, mas o antigo futebolista deu sinais de melhorar e, de acordo com a sua mulher, tem muita vontade de regressar à normalidade, apesar de necessitar ainda de ajuda respiratória.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e sessenta e três mil mortos e mais de 36,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.