Na passada sexta-feira, Fábio Martins foi confirmado como reforço dos sauditas do Al-Shabab, por empréstimo do Sporting de Braga. Em entrevista ao jornal desportivo 'A Bola', o extremo português admitiu que o salário pesou na decisão.

"Não há como o esconder, foi também importante. Além de o Al-Shabab ir ao encontro do que o SC Braga queria, ofereceu-me um contrato no qual em nove meses vou ganhar o que ganharia cá em nove ou dez anos. São condições extraordinárias. Não havia como recusar, era impossível dizer não. Nenhum dos três grandes em Portugal conseguiria pagar um ordenado dessa dimensão", referiu.

Além do salário chorudo para o jogador, o emblema treinado pelo português Pedro Caixinha pagou ainda um milhão de euros ao Sporting de Braga pela cedência de Fábio Martins.

O extremo formado no FC Porto prepara-se para a primeira ‘aventura' no estrangeiro, depois de ter representado Desportivo das Aves, Desportivo de Chaves, Paços de Ferreira e Famalicão, além do Sporting de Braga, detentor do passe.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.