Tomás Carlovich morreu esta sexta-feira, em Rosário, aos 74 anos. A antiga estrela do futebol argentino foi transportado de emergência para o hospital de Rosário, na passada quarta-feira, depois ser agredido durante um assalto de que foi alvo. 'El Trinche foi atingido por um dos jovens que tentou roubar-lhe a bicicleta, e ficou com um profundo golpe na cabeça.

Apesar da tentativa dos médicos, Triche não resistiu às complicações que surgiram durante uma cirurgia de emergência. Estava em coma induzido.

Carlovich começou a dar nas vistas no Rosário Central mas foi no Córdoba que brilhou ao mais alto nível. Na Argentina jogou ainda no Cólon e no Deportivo Maipú de Mendoza.. Diz a 'TyC Sports' que Pelé tentou leva-lo para o New York Cosmos. Numa entrevista recente, Maradona chegou a dizer que Triche foi melhor do que ele. Deixou os relvados em 1986.

O Rosário Central já se despediu de Triche, nas redes sociais

"O Rosário Central despede-se com profunda dor de um dos melhores jogadores que este cidade teve. Partilhamos a nossa dar com a família e com os amigos de Tomás Carlovich. Obrigado pela tua humildade e pelo teu futebol, Trinche", escreveu o clube no Twitter.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.