Arsène Wenger, ex-treinador do Arsenal, revelou que em 2003 esteve próximo de conseguir contratar Messi e leva-lo para o Arsenal, a ocasião surgiu quando os 'gunners' contrataram Cesc Fabregas.

"Na vida temos de viver com arrependimentos, com negócios falhados, um deles foi Messi. Quando em 2003 assinamos o Cesc Fabregas, conversamos com Leo Messi. Naquela época, estávamos [Arsenal] ao nível do Barcelona, podíamos construir equipas jovens fortes", explicou o francês no canal desportivo beIN Sports.

Wenger acrescentou ainda que o Arsenal podia ter tido uma grande equipa com Messi, Piqué e Fàbregas e lamenta que seja impossível contratar o argentino nos dias de hoje.

"Com Messi, Piqué e Fàbregas podíamos ter feito uma grande equipa. Piqué e Fàbregas vieram para Inglaterra, mas Messi ficou em Espanha. Estávamos interessados nele, mas agora é um jogador intocável", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.