Vencedor da Bola de Ouro deste ano, Lionel Messi confessa que ficou chateado quando Cristiano Ronaldo conquistou o quinto troféu e o igualou.

"Por um lado, gostava de ter cinco e ser o único. Quando o Cristiano me igualou, admito que me doeu um pouco, não estava sozinho no topo", confessou em entrevista à revista da France Football, apesar de dar mérito ao internacional português.

"Nesse momento, o Cristiano tinha mérito de levar a Bola de Ouro e eu não podia fazer muito mais."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.