O pai do avançado Pierre-Emerick Aubameyang, Pierre-François Aubameyang, e o antigo internacional gabonês Daniel Cousin, vão assumir em conjunto o comando técnico da seleção do Gabão, anunciou hoje a federação de futebol daquele país africano.

"Atendendo à urgência e ao contexto foi decidido constituir uma comissão técnica para liderar as panteras do Gabão, com treinadores que possuem um forte conhecimento da especificidade do futebol gabonês", indicou o organismo federativo, em comunicado.

Cousin e o pai de Aubameyang, que joga nos ingleses do Arsenal e é a principal referência da atual seleção, serão apoiados por François Amegasse, também antigo internacional gabonês, nomeado para o cargo de diretor-geral.

A nova equipa técnica sucede ao espanhol José Antonio Camacho, ex-treinador do Benfica, que tinha assumido o comando do Gabão em novembro de 2016, depois da saída do português Jorge Costa, que orientou a seleção durante mais de dois anos, entre 2014 e 2016.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto