O presidente da Associação de Ligas Profissionais Europeias (EPFL), Lars-Christer Olsson, foi hoje nomeado como membro do Comité Executivo da UEFA, no congresso do organismo que rege o futebol europeu, em Bratislava.

A inclusão de Olsson, decidida por unanimidade, confere ao representante máximo da EPFL direitos de voto nas decisões do Comité Executivo, em medida integrada no novo memorando de entendimento entre os dois organismos, aprovado em setembro de 2017.

Durante o 42.º congresso da UEFA, o dirigente da EPFL explicou que a decisão representa “uma grande oportunidade para o futebol europeu”, com vista à “implementação de princípios de boa governação no desporto e cooperação construtiva”.

“As ligas estão comprometidas em colocar a experiência como organizadores de competições a nível doméstico à disposição da UEFA e dos seus membros, para ser atingido o objetivo comum de melhorar e proteger o equilíbrio competitivo no futebol europeu”, referiu.

Da reunião surgiram ainda duas outras nomeações: o presidente da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Juan Luis Larrea, passa a integrar o Comité Executivo, enquanto o presidente da congénere húngara (MLSZ), Sándor Csányi, torna-se vice-presidente da FIFA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.