Há mais detalhes conhecidos acerca da morte de Diego Armando Maradona, na última quarta-feira, devido a uma paragem cardíaca. A agência argentina Telam revelou o que foi encontrado no quarto do argentino no dia da sua morte.

Segundo a Telam, na divisão estavam as sanduíches em pão de forma que lhe tinham deixado na véspera, mas que o ex-futebolista não chegou a comer.

Também havia várias embalagens de medicamentos, nomeadamente psicofármacos que lhe tinham sido prescritos e que não estarão relacionados com as causas da sua morte.

As pessoas que cuidavam de 'El Pibe' asseguram que o viram com vida por volta das 23h30 da noite anterior e que as condições em que este se encontrava eram as adequadas. As primeiras pessoas que encontraram Maradona já sem vida foram o seu psiquiatra e a sua psicóloga, que terão entrado no quarto do antigo jogador por volta das 11h30 de quarta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.