O experiente médio Scott Brown vai deixar o Celtic no final da temporada, após 14 anos ao serviço do clube, para assumir o cargo de jogador/treinador do Aberdeen, anunciaram hoje os dois emblemas da Liga escocesa de futebol.

“Foi um privilégio quando assinei por este clube e tem sido uma enorme honra jogar e capitanear o Celtic durante tantos anos. Quero agradecer a todos os treinadores que tive no Celtic, mas também aos colegas de equipa e, claro, aos adeptos, que sempre me apoiaram”, afirmou o jogador, em declarações reproduzidas no site oficial do Celtic.

Scott Brown, que completa 36 anos em junho, chegou ao emblema de Glasgow em 2007, proveniente do Hibernian, tendo ajudado os ‘católicos’ a conquistar 10 títulos de campeão escocês – nove dos quais seguidos, entre 2011 e 2020 -, seis taças da Escócia e seis taças da Liga escocesa.

“É uma decisão tremenda deixar este magnífico clube, que assumiu um papel muito importante na minha vida, mas esta é uma nova oportunidade para mim, um novo capítulo. O Celtic nunca vai deixar de fazer parte de mim e estará para sempre no meu coração”, disse Brown.

Já o Aberdeen informou, através do site oficial, que Scott Brown vai assinar um contrato de duas épocas, para desempenhar o cargo de jogador/treinador, substituindo no comando técnico Derek McInnes.

O médio escocês, conhecido pela forma impetuosa de jogar, tem mais de 600 partidas ao serviço do Celtic, além de contabilizar 55 internacionalizações pela seleção escocesa.

O Celtic, que esta época perdeu o título escocês para o rival Rangers, terminou o campeonato em segundo lugar, enquanto o Aberdeen, campeão pela última vez em 1985, com Alex Ferguson ao ‘leme’, foi quarto colocado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto