O prémio Best da FIFA teve um impacto de cerca de 20 milhões de euros na marca Cristiano Ronaldo, avaliada pelo diretor do Instituto Português de Administração de Marketing em 120 milhões de euros.

Em entrevista ao Diário de Notícias, Daniel Sá, diretor do Instituto Português de Administração de Marketing, analisou o impacto da conquista do quinto prémio de melhor jogador do mundo na marca CR7 e situou o valor global de Cristiano Ronaldo em 120 milhões de euros.

"Nós (Instituto Português de Administração de Marketing) acompanhamos Ronaldo enquanto marca desde 2011. Da primeira vez que fizemos o estudo, situámos a marca a valer 24 milhões de euros. E, pelo mesmo modelo, a marca chegou [em 2016] aos 102 milhões de euros", começou por dizer Daniel Sá.

"O último estudo foi divulgado em janeiro de 2017. Não o atualizámos entretanto, mas tudo leva a crer que o percurso de Ronaldo desde essa altura e por este prémio - que vamos ter um incremento à volta dos 15/20 milhões de euros", acrescentou Daniel Sá, considerando que a marca de Cristiano Ronaldo "vale hoje à volta dos 120 milhões de euros".

Questionado sobre quais os indicadores que o levavam a fundamentar a sua avaliação, Daniel Sá revelou que há 40 variáveis distintas, agregadas em seis dimensões.

"Analisamos cerca de 40 variáveis distintas, agregadas em seis dimensões: os rendimentos, a performance desportiva, a visibilidade mediática, a audiência nas redes sociais, a visibilidade social (enquanto celebridade e até objeto de estudo de artigos científicos) e a audiência e projeção que tem enquanto jogador da seleção portuguesa e do Real Madrid. Misturando estas 40 variáveis, conseguimos atribuir um valor, que depois se consegue converter em euros", revelou Daniel Sá.

Já em relação ao posicionamento da marca Cristiano Ronaldo ao nível de marketing, Daniel Sá não tem dúvidas em declarar que o capitão de Portugal é o futebolista mais valioso do mundo.

"Se Ronaldo é o futebolista mais valioso do mundo? Sim, seguramente. Da última vez que o comparámos com Messi, há cerca de três anos, valia 70 milhões de euros e Messi cerca de 50 milhões de euros. Se, do ponto de vista desportivo e de afirmação nos media tradicionais, eles se equivalem muito, a grande diferença está no mundo das redes sociais. Aí, Cristiano Ronaldo leva um avanço tremendo, quer sobre Messi, quer sobre Neymar. O facto de Ronaldo ter uma equipa profissionalizada a fazer a gestão da sua visibilidade nas redes sociais tem-no feito crescer em termos de popularidade. Por isso, acredito que Ronaldo é hoje o futebolista mais valioso do mundo, enquanto marca, e simultaneamente o produto português mais conhecido do mundo", atirou o diretor do Instituto Português de Administração de Marketing.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.