Com o adeus de Cristiano Ronaldo ao Real Madrid para ingressar na Juventus, muitos adeptos de futebol em Portugal começaram a fazer 'contas à vida' para saber quanto iriam ter de gastar por mês para continuar a ver os jogos de Lionel Messi, no Barcelona, e agora de Cristiano Ronaldo, na Serie A.

Numa altura em que começa a ficar caro assistir a todos os jogos de futebol através televisão, uma vez que a Sport TV tem os direitos da Premier League e da Serie A, e a Eleven Sports os direitos da Liga espanhola, Bundesliga, Ligue 1 e Liga dos Campeões, a BetClic pode tornar-se numa alternativa mais em conta para acompanhar jogos de futebol, e não só.

Nos últimos anos o crescente número de acessos a sites piratas de 'streaming' têm afetado as grandes operadoras, mas com a regulamentação das casas de apostas em Portugal os serviços de 'streaming' de jogos para apostadores tem ajudado a cimentar a BetClic como atual líder de mercado das apostas online.

Da Serie A à liga espanhola, passando pelo campeonato chinês de ténis de mesa, tudo está à distância de um clique

Ma Long em ação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro
Ma Long em ação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. créditos: EPA/JEON HEON-KYUN

O SAPO Desporto entrevistou o director de comunicação da Betclic Portugal, Miguel Domingues, para perceber como tem sido o crescimento dos serviços de 'streaming' através de casas de apostas e como isso poderá alterar a forma de assistir jogos de futebol em Portugal.

"Desde o início de 2016 começámos a fazer streaming de alguns jogos e depois fomos crescendo o nosso leque de oferta. Neste momento temos desde o futebol da Serie A ao da Liga Espanhola até ao ténis de mesa do campeonato chinês. Temos portanto um largo leque de oferta para os nossos apostadores, isto é uma mais valia para os apostadores da Beclic, o nosso interesse não é de todo entrar no mercado das transmissões televisivas e de compras de direitos. Os nossos 'streamings' são é mais valias que nós damos aos nossos clientes", começou por dizer Miguel Domingues.

"Quando estamos a ver um jogo há uma tendência para fazermos uma aposta mais informada e nós começámos a constatar que todos os jogos que tinham streaming acabavam por ter uma percentagem muito mais elevada de apostas", acrescentou Miguel Domingues.

"O facto de termos disponíveis jogos grandes [como um Real Madrid x Barcelona] e agora que temos a Serie A, numa estratégia que calhou bem e que estava prevista antes do Cristiano Ronaldo ter sido anunciado como reforço da Juventus, vai permitir aos apostadores da Beclic o acesso a todos os jogos do Cristiano Ronaldo, seja fora seja em casa, na equipa da Juventus em Itália", frisou o director de comunicação da Betclic Portugal, que revelou também o crescimento no mercado das apostas com a inclusão de streamings dos jogos da NBA.

Na final da NBA, só dá Warriors... para já
Stephen Curry, Draymond Green e Kevin Durant celebram a vitória no jogo 3 da final da NBA, no Quicken Loans Arena, casa dos Cleveland Cavaliers. @Jason Miller/Getty Images/AFP créditos: 2018 Getty Images

"Outro mercado que também cresceu muito a nível de apostas no nosso streaming foi a NBA, que a partir do momento em que começámos a ter streaming as apostas aumentaram em 62% em relação ao período em que não tínhamos transmissão dos jogo. Era um mercado que não esperávamos que fosse tão interessante para os apostadores portugueses", disse Miguel Domingues.

"E depois há o Brasileirão, a Libertadores, o campeonato chinês, a Liga dos campeões asiática, futebol russo, turco. São tantos os campeonatos que eu não os consigo dizer de cabeça, para além do ténis que é um mercado que os portugueses apostam muito ao contrário do que acontece muitas vezes no futebol que só nas competições europeias é que se joga a meio da semana. O ténis é um desporto que se joga muito a meio da semana e há muitos apostadores que como não têm futebol durante os dias úteis acabam por apostar também no ténis. Nós temos uma larga cobertura desde Wimbledon a grande parte dos torneios ATP 250 em que também disponibilizados streamings de forma gratuita para os nossos apostadores.

Ainda compensa subscrever um serviço de canais de desporto pela televisão perante as ofertas de streaming das casas de apostas?

Sport TV

"Isso é um mercado que não é o nosso. O nosso mercado é o das apostas. Obviamente que nós sabemos que a partir do momento em que temos os streaming e que disponibilizamos campeonatos tão importantes como a Serie A e a Liga Espanhola sabemos que vamos ter pessoas a aderir à Betclic para ver esses jogos, ainda para cima porque o streaming na BetClic não tem qualquer tipo de custo, um apostador basta estar registado e ter saldo na sua conta e a partir desse momento pode ver qualquer jogo que esteja disponibilizado por streaming", respondeu Miguel Domingues ao SAPO Desporto.

"Não quero estar a puxar a 'brasa à minha sardinha', mas esta aplicação [da BetClic] é para apostadores. As pessoas que têm os seus serviços de televisão e não querem fazer qualquer aposta acho que se deve manter nos seus serviços de televisão. Obviamente que isto pode ser uma alternativa com custos bastante reduzidos para quem está interessado em divertir-se e fazer umas apostas e não ter consumos extra de televisão paga para ver jogos da liga italiana e liga espanhola. Só tem de fazer o depósito inicial que é de 10 euros e a partir daí tem acesso ao streaming ilimitado.

Então quer dizer que ver Cristiano Ronaldo e Messi por 10 euros, pode tornar-se numa autêntica pechincha?

Cristiano Ronaldo cumprimenta Lionel Messi antes de um amigável entre Portugal e Argentina em 2014
Cristiano Ronaldo cumprimenta Lionel Messi antes de um amigável entre Portugal e Argentina em 2014. créditos: PAUL ELLIS / AFP

"Sim, sendo que esses 10 euros são consumíveis em apostas. Mas imagine que está a ver um jogo e o jogo está muito equilibrado e por isso não quer apostar. Não vai consumir nada do seu saldo para continuar a assistir ao jogo. Essa é uma das grandes vantagens do streaming da BeClic pois são grátis para os apostadores e não têm de fazer nada para ver. É claro que o nosso intuito é que as pessoas apostem mas por vezes as casas de apostas  têm uma conotação negativa quando a aposta média da Betclic é de 1,10 euros, portanto não é aquela coisa ultra-mega puxadas que muitas vezes até fazem doer. Até no Euromilhões a aposta é bastante mais alta com uma aposta mínima de dois euros ou dois euros e meio", disse Miguel Domingues.

Que ferramentas dispõe a BetClic para identificar jogos combinados

"Os principais prejudicados dos jogos combinados são as casas de apostas. Porque são as casas de apostas que pagam os prémios. Nós não temos interesse nenhum que os nossos apostadores sejam defraudados das suas apostas e que haja pessoas que fora da lei viciem jogos porque quem vai pagar depois os prémios são as próprias casas de apostas. Quanto mais improvável for um resultado menos interesse a casa de apostas tem nisso. Quando aconteceu o caso do jogo entre Feirense-Rio Ave do ano passado, a primeira casa de apostas que identificou essa irregularidade e risco de fraude até foi a BetClic. Cancelámos apostas, avisámos o regulador de que havia uma situação de possível fraude e procedeu-se ao protocolo que está previsto apesar de na altura ter sido a Santa Clara a ficar com os louros, mas foi a BetClic a primeira a cancelar os jogos e as apostas, a identificar o problema e a comunicar com o regulador", começou por dizer o director de comunicação da Betclic Portugal ao SAPO Desporto.

"Há uma série de padrões de apostas que fazem logo soar os alarmes e como tudo agora é online há um algoritmo que identifica possíveis fraudes. Temos uma equipa grande que está por detrás desse mecanismo e que identifica esses padrões. Um jogo em Portugal ter apostas unitárias de 100 mil euros não é de todo normal, quer dizer que nem é normal num jogo do Benfica, do FC Porto ou do Sporting quanto mais num jogo do Feirense. São coisas que fazem soar os alarmes, ou como o volume geral de apostas passar um certo patamar. Nós já temos um histórico, sabemos se as coisas estiverem a subir um determinado número sabemos que pode estar a acontecer alguma coisa e depois a partir daí entra em ação a equipa anti-fraude para saber o que se está a passar. Vai ver quem são os apostadores, a quantidade do que estão a apostar, se anteriormente já faziam apostas ou não, há todo um padrão que nós identificamos como possível risco de fraude", garantiu Miguel Domingues.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.