A equipa principal de futebol do 1º de Agosto poderá jogar no seu próprio estádio dentro de três anos, disse esta quinta-feira, em Luanda, o presidente do clube, Carlos Hendrick, durante as atividades comemorativas do 36º aniversário da agremiação, que se assinalou ontem, 1 de Agosto.

Falando à Angop, o dirigente do clube central das Forças Armadas Angolanas (FAA) garantiu que a infraestrutura, cuja primeira pedra foi lançada esta quinta-feira por um dos fundadores do clube França Ndalu, que também dá nome ao recinto, estará disponível em 2016, sem que este prazo se estenda a academia.

O estádio será erguido no distrito urbano da Maianga, comuna do Cassequel, no regimento de transmissões das FAA. Adiantou que uma das principais apostas do elenco que dirige é melhorar as condições de trabalho dos atletas, em particular dos escalões de formação, para garantir o futuro desportivo do clube.

Atualmente a formação “militar” disputa os jogos do campeonato nacional de futebol sénior, como anfitrião, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda. Conta com três campos relvados de treinos, dos quais dois foram inaugurados em 2012 com as denominações Ndunguidi Daniel e Nicolas Berardineli.

Fundado a 1 de Agosto de 1977, o Clube Desportivo 1º de Agosto é, a par do Atlético Sport Aviação (ASA), totalista no campeonato nacional de futebol da primeira divisão (Girabola), que começou a ser disputado em 1979.

É a segunda equipa mais titulada do país, com nove campeonatos ganhos, menos seis que o Petro de Luanda, e conta ainda no seu palmarés com cinco Taças de Angola e oito Supertaças.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.