O Desportivo da Huíla está a preparar-se com afinco, mas espera um jogo difícil, sábado, no Lubango, diante do líder do Girabola, o 1º de Agosto, para a 25ª jornada da prova, disse quinta-feira, o seu treinador-adjunto, Lacerda Chipongue.

Em declarações à Angop, antes da penúltima sessão da semana, o técnico referiu que a prioridade é pontuar, por isso a preparação baseia-se em correções de erros que repetidamente vêm sendo cometidos, sobretudo no ataque e na defesa.

Para o jogo de sábado, às 15h30, Chipongue afirmou haver outro elemento a ter em conta: o psicológico, já que terão pela frente nada menos do que o líder do campeonato, uma equipa que joga um bom futebol dentro e fora de casa.

“O facto de defrontarmos o líder é razão suficiente para motivar os jogadores, mas ainda assim temos certeza que será um jogo muito difícil, mas não uma missão impossível”, disse o adjunto de Ivo Traça.

A transição da bola entre meio-campo e ataque, marcação de livres e jogadas ensaiadas, assim como pontapés de canto curto, são os aspetos mais visíveis na preparação da equipa, que opta em explorar, nos treinos, apenas parte do retângulo de jogo.

O Desportivo da Huíla está na 12ª posição do Girabola com 26 pontos, 25 a menos do que o seu adversário de ocasião, por sinal seu “irmão” mais velho, pois as ambas são equipas patrocinadas pelas Forças Armadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.