Um total de nove elementos do Recreativo do Libolo, treinado pelo português Paulo Torres, entre futebolistas e membros da equipa técnica, testaram positivo ao novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira a direção do clube angolano.

Em nota tornada pública esta quinta-feira, o clube refere que estão infetados sete atletas, um preparador físico e um membro da equipa técnica, sendo que estes já se encontram em regime de quarentena.

Apesar dos casos positivos registados, a direção do clube garante ter à disposição 23 jogadores aptos para disputarem o jogo da 22ª jornada do campeonato angolano de futebol, no sábado, frente ao Desportivo da Huíla, no seu reduto.

O Libolo ocupa a 11ª posição no campeonato, com 23 pontos.

Em função do crescente número de casos positivos em Angola, os jogos do ‘Girabola’, em Luanda, voltaram a ser disputados à porta fechada.

Angola, que vive há um ano em situação de calamidade pública, estando em vigor a sua 13.ª prorrogação, registou um total de 33.338 casos, dos quais resultaram 742 mortes, 27.467 recuperados da doença, estando 5.129 casos ativos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.