O técnico do Petro de Luanda, Alberto Bianchi, perspectiva a disputa da final da Taça de Angola, na presente edição, depois de ter eliminado nesta quarta-feira o Grupo Desportivo JGM do Huambo, nos oitavos-de-final da competição.

Falando à imprensa no final do jogo, que se disputou no estádio dos Kurikutelas, arredores desta cidade, disse que, apesar de a equipa ter conseguido a vitória apenas nos penáltis, o mais importante foi cumprir o objetivo da passagem à outra fase.

Garantiu, deste modo, mais trabalho para que a formação do Katetão consiga ultrapassar todas as fases.

Alberto Bianchi elogiou a postura do JGM pelo bom jogo praticado durante a partida, criando sempre dificuldades aos tricolores, ao longo dos 90 minutos. O técnico disse que o JGM foi uma equipa bem organizada, motivada e bastante competitiva no ataque, que soube nas suas jogadas, de forma humildade, controlar o jogo.

O Petro de Luanda, 3º classificado do Girabola com 34 pontos, vai defrontar nos quartos de final o Domant do Bengo, da segunda divisão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.