Apesar de antever uma partida difícil diante do Kabuscorp do Palanca, sábado no estádio dos Coqueiros, em Luanda, o coordenador da comissão técnica do Recreativo da Caála, Vaz Pinto, diz ser possível vencer o líder invicto da prova.

Ao fazer a antevisão do encontro, pontuável para a 21ª jornada, o treinador caalense referiu que «vão procurar explorar os pontos fracos do adversário, os quais não mencionou, e disputar o jogo de igual para igual».

Vaz Pinto disse que a preparação decorreu de forma «tranquila», tendo destacado a motivação dos atletas e a entrega nas sessões de treino.

«O Kabuscorp do Palanca é uma boa equipa, mas também tem fragilidades que podemos aproveitar para vencer. Queremos jogar destemidos, apresentando organização defensiva e ofensiva», manifestou.
Vaz Pinto salientou que o grupo está bem clinicamente e motivado para o embate de sábado, cujo objectivo passa em pontuar (empatar ou perder).

Os contendores estão separados por 24 pontos, favoráveis ao Kabuscorp do Palanca, líder com 50, ao passo que o Caála está na 8ª posição, com 26. Na ronda anterior as duas equipas venceram os respectivos adversários.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.