A Polícia Nacional de Angola afirmou esta terça-feira que uma rixa entre adeptos de dois clubes de futebol no fim de semana provocou um morto, oito feridos e vários danos materiais na província angolana de Benguela.

Em causa esteve o comportamento dos adeptos no final da partida entre a Académica do Lobito e Kabuscorp do Palanca, a contar para a 18.ª jornada do campeonato nacional angolano 'Girabola', que decorreu domingo, e que os forasteiros venceram por 2-1.

O porta-voz do comando da Polícia Nacional de Benguela, superintendente Edgar Arnaldo, citando um comunicado da polícia, referiu que com a confusão ficaram partidos vidros de viaturas da polícia, do Instituto Nacional das Emergências Médicas e do autocarro que transportava a equipa do Kabuscorp do Palanca.

Segundo Edgar Arnaldo, os adeptos da Académica do Lobito começaram a arremessar pedras contra a polícia, jogadores adversários e árbitros, reclamando um alegado favorecimento pela equipa de arbitragem.

Para o controlo da situação foi necessária intervenção da Polícia de Intervenção Rápida e da brigada canina, bem como o recurso ao lançamento de gás lacrimogéneo, que garantiu a saída com escolta do presidente do Kabuscorp do Palanca e equipa e a dos árbitros do jogo.

O porta-voz do comando da polícia de Benguela referiu que esta não foi a primeira que se registou este tipo de incidentes, pelo que foi solicitado um encontro com a direção provincial do Ministério da Juventude e Desportos e do clube anfitrião.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.