O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, concedeu esta segunda-feira uma entrevista ao canal de televisão sérvio nova.rs na qual expressou o seu otimismo em relação ao regresso do futebol, mas sublinhou que esta é uma decisão que passará sempre pelas autoridades políticas.

"O futebol vai ter de mudar por um curto período de tempo, mas já sobreviveu a guerras e outras epidemias no passado. Sei que vamos acabar por ter o nosso futebol de volta", garantiu.

Porém, das datas não dependem a 100 por cento do organismo máximo do futebol europeu. "Quando isso irá acontecer é algo que dependerá sempre das autoridades políticas e do cumprimento de apertados procedimentos médicos. Não é o desporto que decide quando regressa, são os políticos", frisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.