A Arábia Saudita tornou-se a única candidata a organizar a Taça das Nações Asiáticas de 2027, depois da outra concorrente, a Índia, ter retirado a candidatura, avançou hoje a Confederação Asiática de Futebol (AFC).

Num comunicado, a AFC confirmou que a Federação Indiana de Futebol se retirou do processo de seleção, sem dar qualquer razão para a desistência.

As propostas da Índia e da Arábia Saudita foram selecionadas pelo comité executivo da AFC em outubro e a decisão final deveria ser tomada num congresso regional em fevereiro.

A Taça das Nações Asiáticas reúne 24 seleções e acontece a cada quatro anos.

O Qatar venceu a última edição do torneio, em 2019, que decorreu nos Emirados Árabes Unidos.

O Qatar, anfitrião do Mundial2022 de futebol, vai organizar a Taça das Nações Asiáticas de 2023, depois da China ter renunciado em maio devido à pandemia de covid-19, anunciou a AFC em outubro.

Coreia do Sul e Indonésia foram os outros dois países que entraram na disputa para receber a fase final do torneio continental depois da renúncia da China.

A organização da edição de 2023 tinha sido atribuída à China em junho de 2019, sendo que a competição deveria disputar-se em 10 cidades chinesas, entre 16 de junho e 16 de julho do próximo ano.

Mas em maio deste ano, a China renunciou à organização do evento, devido ao aumento de casos de covid-19 no país.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.