Último defesa a conquistar a Bola de Ouro, em 2006, depois de contribuir decisivamente para a vitória da Itália no Campeonato do Mundo desse ano, jogado na Alemanha, Fabio Cannavaro falou da distinção em entrevista à televisão do Real Madrid, clube que representava na altura.

"Muita gente ficou surpreendida com o facto de ter sido atribuída a um defesa. Achavam impossível e eu já tinha visto nomes como Maldini ou Roberto Carlos, que mereciam ganhar, não a receberem. Era um prémio que ia sempre para os avançados, mas eu acabei por ter sorte, porque muitos avançados falharam nesse ano", explicou o antigo internacional italiano.

Em 2006, ano em que Canavarro conquistou a Bola de Ouro, outro italiano, Gianluigi Buffon, ficou no segundo lugar, com Thierry Henry, da então vice-campeã do mundo França, a fechar o pódio. Para além da Bola de Ouro, atribuída pelo 'France Football', Cannavaro foi eleito também melhor jogador do mundo nesse ano pela FIFA, tornando-se no primeiro - e único até á data - defesa distinguido como tal pelo organismo máximo do futebol mundial.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.